Natiê Yoga - Kakasana

Kakasana é um importante ásana (postura) de equilíbrio sobre os braços e é também conhecido como Bakasana. As duas posturas são muito parecidas, porém a diferença reside em kakasana ser executada com os cotovelos flexionados e bakasana com os braços estendidos.

Sânscrito - baka ("guindaste") ou kak ("corvo") e asana que significa "postura" ou "sentar".

Entre seus benefícios estão  o fortalecimento dos braços e pulsos, fortalecimento dos músculos abdominais, tonificação dos órgãos abdominais, desenvolvimento do equilíbrio físico, emocional e mental, alongamento das costas, principalmente a região lombar, melhora na concentração e ajuda lidar com o medo.

Como fazer (Tente as duas formas)

#1  Fique de cócoras, pés e joelhos afastados um do outro, apoie as mãos no chão  de forma que estejam afastadas na largura do ombro, com os dedos voltados para frente.  Flexione levemente os braços. Inspire eleve os quadris e encaixe os joelhos na parte de fora dos braços logo acima do cotovelo. Fixe o olhar em um ponto à frente no solo para favorecer o equilíbrio. Gradativamente na expiração, vá transferindo o peso do corpo para frente. Na medida que o corpo é projetado pra frente, os pés vão perdendo o contato com o chão.

#2 Fique em pé com os pés afastados, apoie as mãos no chão próximo aos pés,  de forma que estejam afastadas na largura do ombro, com os dedos voltados para frente.  Flexione levemente os cotovelos. Inspire e encaixe os joelhos no braço (tríceps), próximo à axilas. Fixe o olhar em um ponto à frente no solo para favorecer o equilíbrio. Gradativamente na expiração, vá transferindo o peso do corpo para frente. Na medida que o corpo é projetado pra frente, os pés vão perdendo o contato com o chão.

Uma vez  na postura, respire normalmente.

Dicas:

  • Para executar o #1, você pode usar dois bloquinhos (Props). Suba nos blocos e execute o ásana conforme instruções acima. Eles ajudarão a deixar o quadril e os pés mais elevados e facilitarão, no momento que você estiver projetando o tronco para frente,  a tirar os pés do chão.
  • O apoio das mãos no chão é super importante. Apoie toda a mão no chão, palma e dedos (estes devem estar levemente afastados um do outro).  Desta forma, você evita que todo o peso fique nos punhos e distribui melhor o peso.
  • Mantenha o abdome firme.Use o mula bandha, para contrair seus músculos abdominais e permitir que o quadril continue se erguendo.

Boa prática !